fbpx
Loading...

Pulseiras de identificação em ambiente hospitalar

Com o objetivo de minimizar os erros e ampliar o numero de praticas seguras, as instituições de saúde estão investindo em ações que priorizam a qualidade assistencial e busquem a propagação de uma cultura de segurança do paciente, preconizadas pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Atualmente, observa-se que os serviços de saúde têm adotado diferentes maneiras de identificar pacientes com a utilização de pulseiras, placas nas cabeceiras, adesivos nas roupas e crachás, etc. O processo de identificação, através da conferência dos dados da pulseira do cadastro e das informações confirmadas pelo paciente pode ser visto como uma etapa importante na interação entre paciente e equipe de saúde. Erros podem acontecer caso os pacientes não estejam com a pulseira ou com a pulseira sem informação confiável para a identificação.

A correta utilização da pulseira de identificação e a definição das cores padrões no material favorecem uma pratica seguro sendo um recurso adicional no combate aos erros que a identificação incorreta pode trazer.

Agilidade ao atendimento médico

As pulseiras de identificação em ambiente hospitalar são muito uteis, pois contém dados do paciente e ajuda na hora de orientar sobre o seu tratamento. Indicadas para serem usadas em pacientes internados e, auxilia a equipe de enfermagem rapidamente a identificar fatores de risco individuais do paciente conforme protocolo estabelecido no hospital.

Existem ainda, as pulseiras hospitalares, campos que podem ser preenchidos com dosagem de medicamento, por exemplo, tipo sanguíneo e demais informações para cada tratamento.

Pulseiras mãe e filho

Essa é uma das pulseiras mais usadas, ela vem com pares – uma do tamanho adulto e outro do tamanho neonatal com a mesma numeração. Quando nasce a criança ele recebe uma das pulseiras, enquanto a mãe recebe a outra. Dessa forma, fica impossível um erro como troca de criança na maternidade.

Pulseira com informações especifica do paciente

Essa pulseira tem como objetivo identificar alertas de um paciente como: alergias, medicação especifica, sintomas, doenças, riscos etc. Devem estar escritas na pulseira que o paciente usar, isso ajudará o enfermeiro ou o medico n a hora de analisa-lo, pois já estará ciente do caso.

A Tag-ID trabalha com vários modelos de pulseiras de identificação com cores, tamanho e formatos diferentes. Entre em contato conosco e confira os nossos modelos. Entregamos em todos os hospitais e clinicas do Brasil.

Fonte: lume.ufrgs.br